Cibercrime: roubo de dados pessoais aumentou

cibercrime1.jpg

É preciso que os e-commerces se atentem aos crimes virtuais, já que entramos em uma época do ano onde as pessoas compram mais e as lojas virtuais ficam mais visadas.

Para você ter ideia, em 2014 houve um aumento de 49% na violação do número de registros de informações. Mais de 1 bilhão de registros foram comprometidos – segundo a empresa de segurança Gemalto – sendo 54% deles relacionados à roubo de informações, muito mais que os 23% de 2013.

O Reino Unido foi o país europeu com maior numero de violações, totalizando 117 infrações. Apenas para se ter uma ideia, segundo e terceiros mais violados na europa foram França e Alemanha com 9 e 8 brechas apresentadas respectivamente.

De todas os dados apresentados pela pesquisa, a mais preocupante é que apenas 4% das informações que trafegaram na Internet estavam criptografadas, parcial ou completamente.

Segundo o levantamento, de todas as violações, 55% foram relacionadas ao varejo. Agencias governamentais e empresas do setor público totalizaram 17%.

Esses dados demonstram a importância do investimento em segurança para qualquer tipo de site, principalmente em criptografia de dados. Para um e-commerce, oferecer segurança ao cliente e proteger as informações inseridas no site é essencial para a sobrevivência do negócio.  

Importância do certificado digital

Se você trabalha com e-commerce, sabe que o Certificado Digital SSL é fundamental para sua loja virtual. Esse, criptografa as informações inseridas pelo consumidor em seu site. Caso sua loja virtual ainda não possua um certificado digital, corre o risco de expor os dados de seus clientes, e segundo a lei do e-commerce, essas informações são de responsabilidade da loja virtual, portanto, não deixe de  adquirir seu certificado.

Além da importância legal, faça uma busca no Google e veja quais são as dicas de segurança que especialistas apontam ao consumidor. Dentre as principais estão: Só insira seus dados em páginas com o cadeado verde na barra de navegação e que exibam selos de segurança.

O consumidor tem sido educado e orientado pela grande mídia, para comprar com cuidado na internet e certamente vai buscar por empresas que ofereçam elementos de segurança.

Mas, outras medidas são necessárias para redução do risco do vazamento de dados de seu site, uma delas é a análise de vulnerabilidades.

O que é a análise de vulnerabilidades?

Esse tipo de análise permite identificar possíveis brechas nas páginas do e-commerce. Essas falhas oportunizam pessoas mal intencionadas de terem acesso ao banco de dados, informações comerciais e entre outros. Algumas empresas de segurança, oferecem após a análise de vulnerabilidade e correções devidas, um selo de segurança, como o selo da Site Blindado, que aumenta a credibilidade do e-commerce perante o consumidor final.

Existem duas modalidades de análise de vulnerabilidades que são mais utilizadas, o scan automatizado – quando um robô identifica as brechas mais comuns, sempre baseada na tabela da OWASP (principal orgão internacional para profissionais de segurança da informação). A outra é o Pen Test – um profissional de segurança realiza testes manuais, com intuito de buscar brechas que podem não ser reconhecidas ao passar pelo scan automatizado.

Com essas medidas, seus dados e de seus clientes terão menos chances de cair nas mãos de pessoas mal intencionadas.

 

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s