Principais vazamentos de dados de 2015

84623366511104242

Todo ano acontecem vazamentos de dados e exposições de informações pessoais e bancárias na internet. Isso acontece com sites que não se protegem ou não se preocupam com a segurança, o que acaba deixando vulnerabilidades expostas.

Pesquisa divulgada pelo Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (CERT.br), revelou que o número de tentativas de golpe fica perto de mil por dia, o tipo de ataque mais comum na internet brasileira, é a utilização de códigos maliciosos para roubo de dados.

Para ter uma noção, esse mapa virtual mostra a quantidade de ataques virtuais que estão ocorrendo em tempo real.

Preparamos uma retrospectiva dos maiores e mais noticiados vazamentos de dados do ano de 2015 para você:

1 – Ashley Madison

O site para casos extraconjugais, com mais de 37 milhões de usuários ativos, sendo 3 milhões só no Brasil, foi uma das principais vítimas de ataques em 2015.

Em agosto do último ano, hackers divulgaram aproximadamente 10 GB de dados dos usuários do site. Arquivos que incluíam detalhes da conta dos membros como nome, endereço, número de telefone, logins e informações de cartão de crédito que ficaram disponíveis na internet.

Sobre esse caso, alguns usuários ainda são chantageados, outros até chegaram a receber cartas físicas pedindo dinheiro em troca de que o dados fossem mantidos em sigilo.

2 – T-Mobile

Em setembro de 2015, a T-Mobile EUA, uma empresa de telecomunicação, teve dados de 15 milhões de clientes expostos. Nomes, endereços, números de segurança, aniversários, ID e informações bancárias de clientes que possuíam verificação de crédito para o serviço ou financiamento de dispositivos caíram nas mão de pessoas mal intencionadas. A investigação do incidente ainda está em curso.

3 – Corretora Scottrade Inc.

Em setembro de 2015, a Corretora Scottrade alertou clientes sobre uma violação de dados que afetou 4,6 milhões de pessoas.

A Scottrade teve conhecimento sobre o problema depois de ter sido contatada pelo FBI, que estava conduzindo uma investigação sobre outros roubos de dados. A empresa encaminhou o seguinte e-mail a seus clientes:

“Se a sua informação estava contida no banco de dados afetado, você receberá uma carta ou e-mail da Scottrade com informações adicionais e recursos. Nós fixamos o ponto de intrusão conhecido e realizamos uma investigação de dados forense interna sobre este incidente com a ajuda de um líder de segurança de computador. Temos tomado medidas adequadas para reforçar ainda mais as nossas defesas de rede,”.

A brecha de segurança afetou clientes que tinham contas anteriores a fevereiro de 2014. A Scottrade utilizou a AllClear ID para lidar com a cobertura de roubo de identidade.

4- Adolescente de 15 anos é preso por hackear

Um adolescente de 15 anos foi preso por suspeita de violar dados da TalkTalk, que é uma operadora de televisão a cabo e provedor de internet. Num trabalho com detetives, a Polícia Metropolitana da Irlanda do Norte, executou um mandado de busca no Condado de Antrim.

O menino foi levado sob custódia à uma delegacia na qual foi entrevistado, o inquérito continua em aberto. Esse ataque comprometeu dados de endereço, aniversários, números de telefone, e-mail, informações de contas, dados de cartão de crédito e informações bancárias dos clientes da empresa.

5- CareFirst

A violação de dados afetou mais de 1,1 milhões de pessoas. Ex-membros da seguradora ou que fizeram negócios com ela até 20 de junho de 2014, tiveram seus dados expostos. De acordo com declarações divulgadas pela empresa, enquanto a equipe de TI pensava que tinham contido o incidente, os atacantes foram capazes de acessar um banco de dados em 19 de junho de 2014.

As informações expostas incluem nomes de usuários, datas de nascimento, endereços de e-mail e números de assinantes.

A seguradora também bloqueou o acesso de membro para as contas online afetadas, até que novas senhas e nomes de usuário fossem criadas.

Se proteja em 2016!

Esses ataques foram os de mais destaque no ano, mas todo o tempo acontecem invasões, vazamentos de dados e exposições de diferentes tipos de pessoa. Com certeza você não quer fazer parte dos dados, nem deseja que seu site ou instituição faça.

Para proteger seu site e seus acessos esteja sempre atento e não deixe de tomar as medidas de segurança necessárias para manter sua página online livre de brechas de segurança e vulnerabilidades.

 

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s