O que vender pela internet?

 

imagem_blog_site_blindado_abril_3_o_que_vender_pela_internet

O que vende mais pela internet? A dúvida passa na mente de muitos lojistas do mundo virtual ou pessoas que intencionam manter seu próprio e-commerce. Claro, pode ser um exercício complicado o de definir “o que vender pela internet”, pois isso precisa analisar muitas variáveis.

Estudar a própria capacidade de oferecer um produto “x” por um preço competitivo – mas que sustente a viabilidade do negócio – é algo bem importante. Além disso, é necessário entender a concorrência e itens em crescimento pela web, além do perfil e comportamento do consumidor. Entender esse comportamento do mercado digital é um passo indispensável para se posicionar com seu e-commerce e de uma forma mais analítica e embasada.

Para te ajudar nessa base, separamos alguns pontos da pesquisa do Webshoppers de 2016, que avaliou o e-commerce ao longo de 2015. Acreditamos que entender essas tendências poderá te ajudar bastante, confira alguns pontos fundamentais para descobrir o que mais vende pela internet:

Produtos focados na classe A

Enquanto pessoas com rendimento menor diminuíram sua presença nos e-commerces durante o ano de 2015, o índice de pessoas com rendimento superior a 8 mil aumentou sua participação em 4%. Fora eles, a classe com faturamento entre R$3 mil e R$8 mil também teve um pequeno aumento, na casa de 2%. A economia do país acabou invertendo a participação da classe C, que foi a que mais consumiu em 2014, e colocou pessoas de maior renda na liderança. Isso pode sugerir que apostar nessas pessoas com maior poder aquisitivo poderá ser um bom negócio para quem pretende embarcar nas vendas pela internet nos próximos meses.

Smartphones, eletrodomésticos

Produtos de maior valor agregado – como ocorre com smartphones, alguns eletrônicos e eletrodomésticos – obtiveram um bom desempenho nas vendas em 2015. Junto a outros fatores, isso acabou impactando em um aumento de 12% no valor do ticket médio dos produtos nos e-commerces que foi para R$388. Com o crescimento de uma classe com maior renda, talvez estes produtos ainda orientem o desempenho do e-commerce por mais algum tempo.

O que mais vende na internet?

Em volume de pedidos, o que mais vendeu na internet em 2015 foi: moda e acessórios; eletrodomésticos; telefonia e celulares; cosméticos e perfumaria; revistas/ livros. Em seguida, tiveram também um bom volume de vendas os produtos para casa e decoração; informática, eletrônicos; esporte e lazer, e brinquedos e games.

Apesar de ainda liderar, como em 2014, a categoria de moda e acessórios apresentou uma queda de 19% em relação a aquele ano, ou seja, muita gente ainda faz pedidos nessa categoria, mas ela esteve em queda. Já eletrodomésticos e telefonia e celulares cresceu em relação ao ano de 2014, estas categorias participaram em 27% e 45% a mais dos pedidos do que no ano anterior, o que mostra uma possibilidade de explorar melhor esse mercado.

Decoração, brinquedos e games e livros

Estes são itens que o consumidor passou a comprar mais do mercado externo, em sites como Ebay, Amazon e Aliexpress. Já moda e acessórios, e esporte e lazer, tiveram queda no ranking em relação à 2015.

E se os consumidores buscam por decoração, games e livros lá fora, por que não os oferecer de forma competitiva e autossustentável por aqui? Se sua oferta for boa, você pode capturar um pouco desse consumidor que vai lá fora para poder encontrar o quer. As perguntas a serem feitas são: o que conta para o consumidor? Itens como preço baixo, segurança e a disponibilidade do produto que o cliente quer são pontos que sem dúvida integram a resposta.

Algumas dicas para quem irá vender pela internet

  • Foque nas categorias que estão em crescimento, mas sem esquecer de analisar a concorrência e suas condições de competir com eles pelo mercado;
  • Problema na entrega é a maior reclamação entre quem comprou fora do país: uma boa estratégia é tentar melhorar cada vez mais esse campo e também a comunicação pós-venda. Se você não puder competir com o mercado externo pelo preço e oferecer produtos diferenciados, manter um bom relacionamento pode ser o ponto para “fisgar” o consumidor;
  • Também tenha um sistema de entrega eficiente e procure oferecer um prazo não tão demorado, mas ao mesmo tempo, que você seja capaz de honrá-lo. Atrasos na entrega tendem a ser um dos maiores motivos de frustração do consumidor;
  • Invista em segurança também: este é um receio de um grande número de consumidores e que os deixa desconfortáveis para comprar. 44% dos entrevistados apontaram esse como um fator que pode interferir na compra. Por isso, investir em SSL, Blindagem de Sites e formas de assegurar dados de pagamento irá elevar a confiança do consumidor em sua loja virtual e ficará mais fácil dos clientes fecharem a compra;
  • Um frete alto também pode ser um receio – ele não precisa ser gratuito necessariamente, mas o frete deve ser razoável. Um frete que represente uma alta percentagem sobre o valor da compra pode encarecê-la muito e o bom negócio não ficar tão bom assim. Garantir isso ajuda a manter o cliente mesmo depois que ele colocou o produto no carrinho e fez os cálculos de frete. Daí é só ele fechar a compra;

 

 

Quer saber como a Site Blindado pode te ajudar? Entre em contato pelo formulário abaixo:

 

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s