5 coisas para avaliar antes de escolher o fornecedor de segurança do seu e-commerce

XX coisas para avaliar antes de escolher o fornecedor de segurança do seu e-commerce

A segurança é uma área estratégica para um e-commerce, pois propicia que o consumidor navegue de forma segura, sem se preocupar com seus dados, fazendo com que ele, de forma natural, confie na loja e realize as compras. Mas essa comodidade que o cliente vai encontrar passa justamente pela escolha da empresa de segurança que vai oferecer as soluções para proteger o e-commerce.

Nesse artigo listamos alguns dos cuidados que precisam ser tomados para essa escolha da empresa que vai proteger seu site.

1 – Entenda quais serviços ela oferece

O universo de segurança apresenta uma série de serviços, que vão desde soluções para lojistas menores, até grandes corporações. O ideal é contratar uma empresa que consiga te atender hoje (como loja pequena), mas que também vai dar suporte a médio e longo prazo (quando for muito grande). Dentre os serviços que uma empresa de segurança deve oferecer, essencialmente podemos destacar:

    • SSL (Simples, EV, Wildcard, SAN entre outros)

 

  • Blindagem de sites
  • WAF
  • Pentest
  • Consultoria especializada

2 – Você está contratando uma Empresa de Segurança (mesmo)?

Muitas empresas oferecem serviços de segurança que não são efetivos para proteger o cliente.  Por exemplo, a Site Blindado possui o selo mais reconhecido do mercado, mas ele está atrelado a uma análise semanal de segurança, onde são realizados milhares de testes. A loja virtual só exibe o selo se for aprovada nessas análises, caso contrário terá que corrigir todos os problemas para que volte a exibir o selo. Mas, algumas empresas vendem apenas selos, que de certa forma são “ocos”, pois não tem um serviço atrelado. São apenas estéticos e não tem valor perante o consumidor. Por isso, quando for escolher serviços de segurança, verifique se está contratando uma empresa que realmente oferece esse tipo de serviço ou apenas formas de ludibriar o cliente.

3 – Suporte – técnico e pós-venda

Como é o atendimento do fornecedor, desde a negociação de contrato, até o relacionamento e suporte técnico? Não é válido contratar um serviço e ser esquecido pela empresa de segurança com o tempo. É importante que eles tenham um time de relacionamento que esteja preparado para oferecer soluções sempre, de forma proativa, que organize eventos para debater o mercado, ofereça materiais de consulta e consiga sanar todas as dúvidas que possam surgir quanto à segurança do site. Isso também vale para o suporte técnico, que precisa estar sempre preparado para resolver problemas com instalação ou correções de vulnerabilidades.

4 – Quem são seus clientes?

Se faz necessário identificar quais são as lojas virtuais que utilizam os serviços do fornecedor de segurança. Se norteie pelos líderes do mercado. Lojas como Americanas.com, Shoptime, Submarino, Dafiti, Flores Online, Polishop, Sephora são alguns dos exemplos a serem seguidos no que diz respeito à segurança. Verifique em seus sites que elementos de segurança utilizam e busque seguir caminhos parecidos.

5 – Escolha um parceiro, não um fornecedor

Isso será fundamental para o sucesso da relação entre loja e empresa de segurança. Na prática, será mais fácil receber soluções diferentes e personalizadas, baseadas sempre no perfil da loja. Uma relação mais próxima ao parceiro de segurança possibilita que você não tenha apenas um serviço, mas alguém olhando pelo site, propondo melhorias e mais do que isso, contribuindo com suas vendas.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s