4 maneiras de manter a segurança no WhatsApp

segurança no whatsapp

No início de 2016 o Facebook anunciou que o WhatsApp, uma de suas empresas, atingiu 1 bilhão de usuários. Se levarmos em consideração que somos 200,4 milhões de brasileiros, segundo o IBGE, significa que a quantidade de usuários do aplicativo de mensagens é cinco vezes maior que do que o número de habitantes do Brasil.

O app caiu no gosto do brasileiro que, atrás da África do Sul, é o segundo maior público do WhatsApp no mercado. Só que embora ele seja muito útil e facilite a comunicação entre pessoas ou grupos, é preciso seguir algumas recomendações de segurança para que ele não cause problemas aos usuários. Por esse motivo, listamos 4 maneiras de manter sua segurança no WhatApp, confira:

1 – Mantenha o aplicativo atualizado

As novas atualizações corrigem falhas que podem ter sido detectadas. Essa atualização é fácil de ser feita, basta acessar a loja de aplicativos de seu sistema operacional, buscar pelo WhatApp e, se houver atualização, no lugar onde havia o botão “Instalar” estará “Atualizar”.

Sempre que for realizar esse procedimento, faça por meios oficiais (lojas de aplicativos), já que existem pessoas de má fé que podem criar “ciladas” online, apresentando atualizações falsas, que geralmente direcionam para sites falsos, com o objetivo de infectar seu smartphone. Outro detalhe: o WhatApp não cobra nada pelo aplicativo, portanto fique atento quando receber esse tipo de informação, o que nos leva ao próximo tópico.

2 – Cuidado com links desconhecidos

O aplicativo facilita a comunicação entre as pessoas, encurtando distâncias e deixando as chamadas de voz para casos específicos. Mas, por outro lado, também facilita a propagação de links falsos ou vídeos que contenham vírus danosos ao smartphone. Atualmente, é possível mandar até mesmo documentos para seus contatos.

Por isso, vale o alerta de cuidado com o que é enviado ao seu aparelho por amigos e principalmente por desconhecidos. Sempre que possível questione ao remetente sobre o que se trata aquela informação e se faz sentido abri-la, assim você diminui as chances de ser vítima de fraudes. Na dúvida, não abra.

Aqui vale outra observação importante: é comum no Facebook e mais recentemente no Linkedin, que perfis solicitem o celular do usuário em troca de planilhas, informações ou mesmo para a participação de grupos de interesse. Evite esse tipo de exposição, já que seu número ficará visível para muita gente.

3 – Mantenha um antivírus em seu smartphone

Mesmo tomando cuidados ainda existem riscos de alguma informação passar, por isso, tenha sempre um antivírus instalado em seu aparelho, isso evita que vírus se propaguem caso sejam clicados. Existem no mercado soluções gratuitas e pagas para se proteger, de forma que fica ao seu critério definir qual é mais indicada ao seu perfil.

4 – Cuidados básicos com o aplicativo

Existem alguns outros cuidados importantes que estão relacionados ao próprio aparelho e envolve medidas que dificultem a ação de mal-intencionados ou mesmo de pessoas curiosas. Para começar, esteja atento às notificações que são recebidas e que, mesmo com o celular travado, permitem que se leia a mensagem recebida. Também procure ocultar as mensagens que você não deseja que sejam vistas.

Seguindo essas recomendações você terá chances menores de ser vítima de ataques em seu aplicativo de mensagem. Claro que podem surgir casos específicos que não foram listados aqui, com isso é sempre bom ficar com o “radar de alerta” ligado.

 

 

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s