Como preparar a segurança do e-commerce

Como preparar a segurança de sua loja virtual para 2017

O gestor de uma loja virtual precisa se ater a diversos pontos para conseguir o sucesso de seu negócio. Um destes pontos é a segurança do e-commerce tanto para proteger o negócio de possíveis ataques, como também para garantir o cuidado com o consumidor que troca dados importantes com o site, como informações pessoais, residenciais e bancárias. Para que seu e-commerce esteja com a segurança ajustada durante todo o ano de 2017, comece já a providenciar estas soluções básicas para protegê-lo:

SSL e SSL EV
É um ponto básico para a segurança do e-commerce. O SSL e SSL EV irão criptografar informações trafegadas entre o cliente e seu site, desta forma, dados pessoais e bancários do consumidor ficam protegidos por uma espécie de “cadeado de segurança”. Sem a chave, pessoas mal-intencionadas até podem interceptar as informações, mas terão dificuldade em interpretá-las. Como o item é muito importante, faz toda a diferença para o consumidor optar por navegar nesses sites que protegem seus dados.

Blindagem de Sites
A Blindagem de Sites é um serviço exclusivo com um scan automático que identifica vulnerabilidades de segurança do e-commerce (ou sites) e aponta o que precisa ser corrigido. Com isso, os sites se tornam mais seguros e podem comunicar isso ao cliente por meio da utilização do selo Site Blindado. O selo original, vale lembrar, é muito mais que uma mera imagem estática com o logotipo da empresa. Este selo é auditado diariamente e exibe a data do acesso do cliente. Ele é clicável e no link constam informações como site, status da audição (que deve mostrar ano/mês/dia do acesso) e razão social da empresa. Você e seus clientes podem verificar se um site é blindado neste link: https://www.siteblindado.com/consumidor/verifique/

Pentest
O Pentest faz uma análise manual de vulnerabilidades do site e é relevante porque consegue captar vulnerabilidades com outras particularidades e que não tenham sido identificadas na análise automatizada. É uma forma de proteger o banco de dados onde constam informações dos clientes da empresa, evitando brechas que poderiam facilitar um ataque. Ele pode ser feito na versão desktop de um site e também em aplicações mobile.

WAF
Protege sua loja virtual de ataques e invasões e sua utilização dá maior tempo para fazer as correções apontadas pela gestão de vulnerabilidade. Também pode gerar economia de banda, já que contribui na diminuição de tráfego impróprio, além de auxiliar que o site não saia do ar ou tenha prejuízos por conta de ataques de negação de serviço. A tecnologia CDN (Content Delivery Network) também distribui o conteúdo do site por vários servidores, de forma que a informação que será enviada ao consumidor será aquela armazenada no servidor mais próximo a ele, o que garante maior velocidade de acesso a sua loja.

Estas são as principais medidas que você deverá adotar para preparar a segurança do e-commerce. Para saber mais sobre como ampliar a proteção de sua loja virtual, preencha o formulário abaixo e solicite o contato de nosso time de especialistas.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s