O que não esquecer quando vender no marketplace

como-softwares-de-seguranca-mobile-estao-melhorando-os-apps-no-mercado-externo

Nos últimos meses têm se intensificado as citações sobre marketplaces. Em muitos painéis de debate ou congressos o assunto é levantado e atrai a atenção de diferentes perfis de lojistas que desejam ver seus produtos expostos em algumas das principais lojas do país.

Esse modelo tem se consolidado como uma importante frente de investimentos para os e-commerces. Dentre os motivos que tornam atrativo a presença de lojistas no marketplace, podemos destacar:

● Custo zero com marketing;
● Custo zero com UX;
● Aumento de visibilidade de seus produtos;
● Exposição do nome da marca na buybox do marketplace;
● Suporte de grandes marcas no que diz respeito a atendimento e suporte ao cliente;
● Potencial real de aumento de venda;
● Possibilidade do produto fazer parte de ações de marketing do próprio marketplace;

Tudo isso mostra como é vantajoso optar por esse modelo de negócio. É sempre importante salientar que, embora a loja tenha um aumento significativo no faturamento e o marketplace seja um excelente parceiro comercial, é preciso, principalmente se a ideia for fortalecer a marca, tomar alguns cuidados.

Lembre-se que embora o produto seja vendido dentro do marketplace, a loja que faz a venda é identificada pelo consumidor, o que também é possível notar nos documentos de entrega. Isso também aumenta a visibilidade de sua loja virtual.

Por isso, é preciso estar preparado para receber potenciais visitas oriundas de grandes sites.

O cliente que acessa sites como Americanas.com e Submarino vai buscar elementos parecidos com os que são encontrados nesses sites, por isso utilize-os como parâmetros e não deixe de investir em sua loja virtual.

Mas, quais devem ser os investimentos mantidos quando sua loja estiver em marketplaces?

Preparamos uma lista com cuidados que não podem ser deixados de lado enquanto sua loja virtual estiver vendendo em marketplaces. Confira:

Segurança
O racional é bem simples: em um marketplace, como já dissemos acima, o cliente sabe quem é o vendedor do produto comprado. Agora imagine se sua loja virtual for invadida ou deixar com que os dados de seus clientes caim nas mãos de terceiros.

Certamente essa informação será rapidamente difundida, principalmente com as forças das redes sociais e isso pode prejudicar sua performance em marketplace, já que sua marca estará relacionada à falta de segurança.

Por isso, não deixe de investir em certificado SSL, que criptografa as informações inseridas pelos seus clientes e também a Blindagem de Sites (oferecida pela Site Blindado), que realiza uma série de análises para atestar que o site esteja seguro, evitando, por exemplo, que o site tenhas suas informações trocadas.

Marketing
Se o projeto for continuar com a operação de e-commerce, é importante dar andamento aos investimentos em marketing, sobretudo de performance. Como você também terá a operação de marketplace para gerenciar, é preciso contar com ferramentas de automação de marketing. Elas facilitarão a gestão de ações baseadas em XML, propiciando que sejam feitas alterações ou qualquer outra tarefa em bloco, mas que sejam adaptáveis a cada um dos canais comparadores utilizados.

Vale muito adotar o modelo de CPA, principalmente se for se dividir entre sua loja virtual e a operação de marketplace.

O investimento em marketing também pode ser importante para atrair e receber esse cliente que vai querer saber quem é o vendedor com quem ele está comprando, por isso, Facebook e Adwords são uma boa pedida.

Precificação
O preço de sua loja virtual também precisa ser competitivo, para isso é preciso usar ferramentas que possam fazer a análise de preço da concorrência.

Além disso, elas precisam alterar o preço praticado por sua loja usando como parâmetro diferentes regras preestabelecias, é possível, além de manter preços competitivos e sustentáveis para seu negócio, desenvolver ações que permitam preços que gerem destaque na buybox dos marketplaces.

Estar em um marketplace é uma excelente oportunidade para sua loja virtual fazer mais negócios, mas não esqueça de cuidar de sua própria loja virtual. Usando com inteligência a presença em marketplaces, e a loja própria estando estruturada, os resultados tendem a vir por duas vias, e isso vai potencializar suas receitas.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s