Dicas de segurança na internet

Fraude via mobile: você sabe como se proteger?

7 fev , 2019  

fraude via mobile

De alguns anos para cá, os casos de fraude via mobile aumentaram bastante, afinal hoje em dia a maioria das pessoas utiliza, pelo ...  Leia Mais

, , , , ,

Dicas de segurança na internet

Como manter a sua loja virtual sempre à frente dos invasores

28 dez , 2018  

invasores

Como falamos com frequência aqui no blog da Site Blindado, é muito importante que as lojas virtuais trabalhem para estar sempre à frente dos hackers e =&0=&, que procuram por brechas de segurança do seu site. Mas você sabe como fazer isso para não correr riscos e, consequentemente, se manter protegido?

2 passos simples para proteger o seu e-commerce contra invasores

Sua primeira preocupação deve ser a otimização da segurança do seu e-commerce. Confira abaixo 2 passos que podem ajudar no processo:

Tenha uma loja virtual atualizada e segura

Quando o seu e-commerce está atualizado e sempre utilizando ferramentas mais recentes, você automaticamente evita fraudes e vazamento de informações dos seus consumidores fornecidas na hora do cadastro, como endereço, telefone ou número do cartão de crédito, por exemplo.

Além disso, para garantir a segurança desses dados e impedir que os invasores os obtenham, uma boa alternativa é contar com um Certificado Digital SSL, que indica se a sua loja segue o protocolo internacional de segurança SSL (Secure Sockets Layer), ou seja, o site criptografa a troca de informações entre o cliente e o servidor, dificultando a interceptação de terceiros.

Para identificar se o e-commerce está seguro é fácil: sabe quando você entra em uma página e aparece o cadeado na barra do navegador? Isso significa que ele possui o Certificado SSL. Portanto, não o deixe de fora das suas prioridades.
=&3=&

, , , ,

Dicas de segurança na internet

Modo de segurança: para que serve essa função no Android?

13 dez , 2018  

modo de segurança

Você sabia que os dispositivos com sistema Android possuem uma função de modo de segurança? Mesmo que o nome possa sugerir uma intensificação na proteção do sistema operacional, essa funcionalidade não tem esse objetivo. Sendo assim, se você tem interesse em entender qual é a sua real atividade no smartphone, veja as informações que reunimos neste artigo!

 

Afinal, o que é o modo de segurança?

 

O modo de segurança não funciona como antivírus ou algo parecido, como alguns podem imaginar. Na verdade, ele faz com que o dispositivo utilize apenas os recursos básicos, desativando vários outros, para que o sistema carregue de forma mais rápida. Apenas os aplicativos do Google e os scripts essenciais continuam funcionando quando este modo é ativado.

 

Caso você note algum problema em seu smartphone relacionado a operacionalidade, superaquecimento, lentidão, anúncios constantes ou qualquer comportamento diferente, é importante utilizar essa função para fazer um teste do sistema.

 

Ativando o modo de segurança, como dissemos acima, apenas os aplicativos do Google e scripts essenciais permanecerão em atividade no dispositivo. Assim, se os problemas persistirem, você vai entender que é uma complicação operacional. Agora, se os problemas não acontecerem mais, quer dizer que os aplicativos e scripts pausados estão gerando as falhas e, provavelmente, uma formatação deve resolver.

 

Agora que você já entende para que serve o modo de segurança no Android, sabe qual é o melhor momento para utilizar essa funcionalidade. Continue acompanhando as dicas do blog da Site Blindado e mantenha seus dispositivos seguros!

Leia mais:

Como
 ...  Leia Mais

, ,

Dicas de segurança na internet

WhatsApp web é seguro? Saiba como se proteger!

8 nov , 2018  

whatsapp web é seguro

Além do aplicativo utilizado em dispositivos móveis, o app de mensagens mais utilizado no país também pode ser usado pelo desktop. É por conta disso que muitos usuários estão em dúvida se o WhatsApp web é seguro ou não.

A resposta é bem simples na verdade. Afinal, nesses casos, o que determina se algo é ou não seguro é o local por onde ele é utilizado, sendo por meio de dispositivos móveis ou no próprio computador. Entenda melhor!

Como saber se WhatsApp web é seguro?

Como dissemos acima, o que vai determinar se o WhatsApp web é seguro ou não é o local onde ele está sendo utilizado. Como esse modelo é utilizado pelo computador, o que vai indicar se você tem proteção são as aplicações do desktop, se ele está vulnerável de alguma maneira a invasores ou se tem barrado vírus e outros ataques.

Ou seja, o WhatsApp utilizado na web só não será seguro se você usar um computador infectado, não tiver um bom antivírus ou se não ficar atento ao que recebe pelas mensagens trocadas. Veja como evitar problemas:

1. Nunca utilize o WhatsApp web em computadores ou redes públicas

Talvez você possa garantir que o WhatsApp web é seguro no seu computador ou na sua rede de internet. Porém, quando o acesso é feito por dispositivos ou redes públicas, não é possível ter certeza de sua segurança. Por isso, evitar é a melhor opção para não deixar seus dados expostos.

Se o seu dispositivo fica vulnerável, pessoas mal-intencionadas podem acessar suas conversas, roubar dados sigilosos, invadir o aplicativo para inserir vírus ou, até mesmo, enviá-los para quem está trocando mensagens com você.
=&2=&

, ,

Dicas de segurança na internet

Pentest Mobile: como proteger o app da sua loja virtual?

23 out , 2018  

pentest mobile

Quando o assunto é cibersegurança, qualquer dispositivo que seja utilizado por meio da internet merece atenção. Nesse sentido, os aplicativos das lojas virtuais também precisam de proteção contra pessoas mal-intencionadas desde o momento da sua criação, pensando principalmente na segurança de dados dos consumidores. É por conta disso que existe o Pentest Mobile.

Se você valoriza a proteção das suas informações, dos seus clientes e quer manter o seu app livre de vulnerabilidades, ataques na web e brechas de segurança, é preciso investir em análises aprofundadas. Entenda melhor!

Como o Pentest Mobile funciona?

Assim como os outros testes de invasão, o Pentest Mobile vai além do que os robôs conseguem ver. Ele realiza uma análise manual e muito mais densa no aplicativo, a fim de descobrir qualquer tipo de vulnerabilidade nas aplicações para que você possa corrigi-las o quanto antes e manter os seus dados e de seus consumidores longe de pessoal mal-intencionadas.

Voltado a aplicativos nativos para as plataformas Android e iOS, o teste é realizado por um profissional especializado, visando uma cobertura ampla e minuciosa da aplicação. Assim, ele identifica, antes mesmo de seu app ser divulgado, quais aspectos deixam a desejar na segurança. Depois de fazer as correções, é importante manter uma periodicidade para a realização do teste de invasão.

 ...  Leia Mais

, , , ,

Dicas de segurança na internet

Como se certificar de que um site é seguro?

11 out , 2018  

site é seguro

As compras na internet já fazem parte da vida de muitas pessoas, mas, mesmo assim, a segurança online ainda é um ponto de receio entre os e-consumidores. Saber que um site é seguro antes de informar qualquer tipo de informação pessoal ou bancária é fundamental para evitar vazamento de dados ou ação de pessoas mal-intencionadas.

Para que você não tenha problemas ao fazer suas compras online, nós reunimos neste artigo alguns pontos essenciais que vão atestar a segurança de uma loja virtual. Confira!

Procure pela certificação digital SSL

O primeiro passo já vai estar visível na barra de navegação. Você precisa olhar se na URL há o cadeado verde ou o protocolo “HTTPS”. Esses dois aspectos demonstram que o site tem o certificado digital SSL, que se trata de uma certificação que criptografa as informações contidas naquela página e torna a troca de informação mais segura.

Se o site não tiver SSL, o Google mostrará o termo “Não Seguro” antes da URL. Assim, fica mais fácil identificar essa falta de proteção e, também, saber que é melhor não informar seus dados nesta página já que eles estarão desprotegidos.

Um método complementar é o SSL EV que, além do cadeado verde, mostra antes da URL do site o CNPJ da empresa, que transmite ainda mais segurança e evita, principalmente, casos de phishing.

Consulte a reputação para ver se o site é seguro

Principalmente se não é uma página indicada por algum conhecido, é extremamente importante conferir se o site é seguro checando sua reputação na internet. Uma boa maneira de conseguir essa informação é por meio dos sites de reclamações, em que é possível verificar se os consumidores já tiveram problemas com a empresa e, principalmente, se foram atendidos.

Também é possível fazer essa checagem nas redes sociais, já que os usuários também têm a opção de fazer avaliações nesses canais. Outra forma é analisar a situação da empresa no Procon.
=&2=&

, ,

Dicas de segurança na internet

Black Friday: dicas para aproveitar descontos com segurança

2 out , 2018  

black friday

Uma das datas mais esperadas pelos consumidores, a =&0=&, que neste ano será no dia 23 de novembro, é uma excelente oportunidade para comprar produtos e serviços com ótimos descontos e valores abaixo da média do mercado. Porém, é necessário que você tome alguns cuidados para não cair em golpes, fraudes e armadilhas.

5 dicas para realizar compras com segurança na Black Friday

Separamos algumas dicas de compra segura na internet. Confira!

1. Suspeite dos preços muito abaixo da média

Apesar da Black Friday ser famosa pela redução de preços nos mais variados produtos, não deixe de ficar atento se o valor de algum item estiver muito abaixo da média oferecida pelos concorrentes. Uma boa alternativa é realizar pesquisas em sites comparadores de preços, como Buscapé, Zoom ou Google Shopping.
=&3=&

,

Dicas de segurança na internet

Cuidados ao acessar o internet banking

2 ago , 2018  

internet banking

Com a facilidade oferecida pelo internet banking, hoje dificilmente os usuários precisam ir até uma agência bancária para fazer as transações, pagamentos e outras atividades rotineiras. Até mesmo quando falamos de ações mais complexas, como a solicitação de empréstimos, já é possível encontrar bancos que oferecem esse tipo de serviço por meio de aplicativo.

Por outro lado, a utilização desses serviços via internet acaba facilitando invasões e ataques cibernéticos por pessoas mal intencionadas. Isso, é claro, acontece quando não existem alguns cuidados no momento do acesso. Para te ajudar, a Site Blindado listou algumas precauções importantes que qualquer usuário deve ter ao acessar esse conteúdo via site ou aplicativo.

Certifique-se de que o dispositivo tem antivírus e firewall

Vai acessar o internet banking pelo smartphone, tablet ou desktop? É preciso ter certeza de que o dispositivo possui um antivírus instalado e atualizado. Assim, você não corre o risco de que o aparelho esteja infectado com malwares. Além disso, você também precisa de um firewall para tornar o dispositivo ainda mais protegido.

O firewall é capaz de bloquear conteúdos maliciosos, avisar caso haja uma tentativa de invasão e reconhecer a origem do ataque. Vale dizer também que sua principal função é impedir que um usuário externo consiga ter acesso à sua rede.

Portanto, antes de entrar no site ou baixar o aplicativo, cheque o seu antivírus e faça as atualizações necessárias no firewall. Uma ação simples como essa pode evitar que você tenha vários problemas com o seu dispositivo.

Tenha cuidado com a rede Wi-Fi ao acessar

Se vai utilizar a sua própria rede Wi-Fi ou de qualquer outro lugar que você confie, acesse tranquilamente. Porém, se está em um estabelecimento, locais públicos e, principalmente, em uma rede wireless coletiva e liberada é bom evitar o acesso ao internet banking. Isso porque você corre um grande risco de ter algum sistema ou dispositivo que esteja executando a rede e com isso poderá ter acesso às suas informações confidenciais.

Alguns casos bastante comuns são:

  • Spyware, programa que recolhe informações pessoais, senhas, etc, mesmo que de forma remota;
  • roubo de dados do seu dispositivo, como fotos e documentos, o que pode expor sua privacidade;
  • redirecionamento a sites de phishing para coletar seus dados bancários.

=&2=&

, ,

Dicas de segurança na internet

O guia definitivo para não cair em golpes no WhatsApp

5 jul , 2018  

golpes no whatsapp

Quem utiliza aplicativos de mensagens diariamente, provavelmente já teve que lidar com propagandas, ofertas e promoções que não eram reais. Além disso, a propagação de fake news tem se tornado cada vez mais frequente no mundo digital. Com isso, o surgimento de golpes no WhatsApp também é uma realidade e a sua aplicação em datas comemorativas é ainda mais comum.

Pensando em te ajudar a evitar problemas no app de mensagens mais utilizado em smartphones entre os brasileiros, a Site Blindado resolveu criar um guia definitivo sobre o assunto. Assim, você pode conhecer quais golpes já foram aplicados e, claro, prevenir-se para não cair em situações como essas.

 

Golpes no Whatsapp aplicados no últimos anos

 

Já que a cada ano o WhatsApp conquista mais adeptos, consequentemente, mais golpes têm sido aplicados e convertidos em perda de segurança dos dados presentes no celular. Há também os casos em que são solicitados cadastros e, então, qualquer informação fornecida pelo usuário fica disponível para pessoas mal-intencionadas da internet.

Os exemplos que você vai ver abaixo, tratam-se, em sua maioria, de phishing, uma técnica de fraude online, utilizada por criminosos no mundo da informática para roubar senhas de banco e demais informações pessoais, usando-as de maneira fraudulenta. Com o acesso a esses dados, que é uma ação ilícita, esses hackers têm a possibilidade de contas fantasmas, fazer saques de FGTS, INSS, realizar compras, entre outros.  Conheça alguns dos golpes!

 

Dia da Mulher

golpes no whatsapp

Um dos mais recentes exemplos de golpes no WhatsApp aproveitando as datas comemorativas é o que aconteceu em março de 2018 por conta das comemorações do Dia da Mulher.

Um link era enviado em conversas do aplicativo oferecendo um kit de maquiagens aos usuários. O requisito para participar da “promoção” era repassar aquela mensagem para outras pessoas pelo WhatsApp. O resultado era o direcionamento para outra página que baixava um aplicativo “invasor” no smartphone.

 

Páscoa premiada

golpes no whatsapp

Aproveitando mais uma vez de uma data comemorativa, a “promoção” Páscoa premiada foi divulgada em conversas do aplicativo com uma mensagem que indicava um vale-presente de R$800.

Bastante parecido com o caso anterior, nesse link os usuários precisavam preencher um pequeno cadastro para aceitar o recebimento do vale. O aceite, porém, seria para liberar a notificação de páginas que continham publicidade e malwares, um software destinado a se infiltrar em um computador alheio de forma ilícita.

Streaming grátis por um ano

golpes no whatsapp

Outra promoção que pareceu bastante atrativa para os usuários foi a assinatura gratuita de um serviço de streaming por um ano. Quem tinha interesse, deveria clicar na divulgação, acessar o site da promoção e compartilhar o link com dez amigos para ganhar esse falso brinde. Porém, ao invés disso, pessoas mal intencionadas por trás desse golpe passavam a ter acesso aos dados contidos no smartphone.

=&5=&

Fake news

 

A divulgação de uma pesquisa do Monitor de Debate Político no Meio Digital, órgão da USP (Universidade de São Paulo), apresentou dados interessantes sobre a disseminação de fake news no Brasil. Os dados colhidos demonstraram que a maior razão para a propagação dessas notícias são os grupos de família no aplicativo de mensagens.

Em sites como o E-farsas e Boatos.org é possível conferir uma série de boatos que são repassados por essa mídia. Mais importante ainda, há a chance de conhecer quais deles não são reais e são pura invenção de pessoas mal-intencionadas.

Vale dizer que no dia 04 de junho de 2018, o Conselho de Comunicação Social (CCS) aprovou o relatório de 14 projetos em tramitação no Congresso, que tem a intenção de punir a propagação de fake news.

=&5=&
=&8=&

, , ,