BlindaNews

Chrome 70: veja o que muda na sua segurança com a novidade

30 out , 2018  

O Chrome 70, nova versão do navegador do Google, está com novidades relacionadas a melhorias de segurança.

Após sua atualização recente, que aconteceu no dia 16 de outubro, o programa vai parar de carregar sites com HTTPS inválidos, que utilizam os certificados antigos emitidos por uma empresa de tecnologia e segurança.

A ideia de mudança vem acontecendo desde 2017, quando o Google passou a considerar os certificados da empresa – que foram emitidos até junho de 2016 – problemáticos, identificando diversos riscos de segurança e recomendando gestores de e-commerces a trocar seus certificados por novos.

Agora, o navegador vai passar a exibir a mensagem “sua conexão não é particular”, em vez de carregá-los. A medida de segurança tem como objetivo conter a exposição de sites que não estejam dentro dos melhores padrões de confiabilidade e, consequentemente, que possam apresentar riscos aos usuários.

Chrome 70 oferece mais segurança em sites e extensões

De acordo com um estudo feito pelo pesquisador Scott Helme, mais de mil (entre os primeiros um milhão) dos sites mais acessados nos Estados Unidos contam com certificados inválidos que vão ser barrados pelo Chrome 70, apesar de já ter acontecido um grande processo de migração para certificados aceitos. Em relação ao Brasil, ainda não se sabe quantos sites podem ser impedidos pela nova versão do navegador.

Por que os certificados HTTPS são importantes?

Os certificados HTTPS servem como uma chave para a conexão segura entre o dispositivo do usuário e o site conectado. Eles são utilizados para a proteção das informações importantes das pessoas que navegam na internet, impedindo que sejam interceptadas ou visualizadas durante a troca e a transferência dos dados.

Com esses certificados, o navegador consegue identificar que a página é de confiança e, assim, carregar as informações sem oferecer nenhum tipo de risco.

Além disso, o Chrome 70 vai deixar de marcar páginas como seguras apenas por contar com a criptografia na conexão. A partir dessa nova atualização, sites com HTTPS não serão destacados de forma nenhuma e, por outro lado, todos os sites com conexão HTTP (sem criptografia) serão marcados com o aviso “Não seguro”.

Esses certificados são emitidos por empresas como a Site Blindado. O Certificado Digital SSL Blindado é o primeiro nível de segurança para todo e qualquer site que realize a transmissão de dados, o que ocorre, por exemplo, com e-commerces que solicitam informações sensíveis aos clientes, como e-mail e dados bancários. Entre em contato e conheça mais sobre os nossos serviços!

, , , , , ,