receber pagamentos online

Segurança de site e e-commerce

E-commerce: como receber pagamentos online com segurança?

19 abr , 2018  

Receber pagamentos online é uma necessidade para qualquer e-commerce. Mas também é algo que requer um alto nível de atenção quanto à segurança das informações de pagamento dos clientes.

Descuidar da segurança dos meios de pagamento pode deixar os sistemas vulneráveis, o que facilitaria ações de pessoas mal-intencionadas para fraudar pagamentos ou coletar dados sensíveis dos clientes.

Por isso, explicamos abaixo como os gestores de e-commerces podem receber pagamentos online em suas lojas, mas preservando a própria segurança e de seus clientes. Confira!

 

Gateway de pagamento

Os gateways de pagamento são aplicações instaladas em um servidor remoto e mantidas por uma operadora financeira que autoriza transações feitas em um e-commerce.

O gateway é um sistema de pagamento simplificado, já que ele está pronto para ser instalado nos sites e começar a receber os pagamentos de forma segura. Além disso, dependendo da aplicação, ela disponibiliza soluções para o pagamento em cartões de crédito de diferentes bandeiras, boletos bancários e débito em conta.

Toda a segurança de pagamentos que passam pelo gateway fica a cargo da aplicação, já que, em nenhum momento, os dados dos clientes passam pelo servidor do vendedor. Porém, se houver um ambiente logado, com um sistema de cadastro do consumidor antes do carrinho de compras, ainda assim será necessário que o e-commerce invista na proteção destes dados do cliente  por meio da criptografia SSL.

Neste sistema o lojista precisará pagar uma taxa fixa por cada transação de pagamento feita no e-commerce que pode variar entre 2,60% (Moip) e 4,99% (Mercado Pago). Já a liberação de pagamento para o vendedor pode ser feita de forma instantânea (Paypal) a até 30 dias (PayPal e Moip). Confira as taxas e prazos dos principais gateways:

 

Gateway Taxa Liberação do pagamento
Mercado Pago 4,99% 14 dias
Moip De 2,60% a 3,59% + R$0,39 30 dias
Moip De 2,60% a 4,59% + R$0,39 14 dias
Moip De 2,99% a 4,79% + R$0,39 7 dias
PagSeguro 4,89% + R$0,40 14 dias
PayPal 3,29% + R$ 0,30 30 dias
PayPal 3,79% + R$0,40 15 dias
PayPal 4,39% + R$ R$0,60 0 dias


Dados de março de 2018

 

Instituições bancárias

Outra maneira de receber pagamentos online com segurança é realizando a integração direta com operadoras e bancos para fazer as transações.

Neste caso, será preciso firmar um convênio específico para cada meio de pagamento que você deseja oferecer. Esse processo pode levar entre 30 e 60 dias.

Nessas parcerias, a operadora ficará responsável pela checagem da validade do cartão de crédito e disponibilidade de saldo. Mas, a checagem antifraude, ou seja, para saber se o cliente é quem diz ser deve ser contratada à parte pelo gestor, por meio de uma ferramenta antifraude, assim como uma solução para criptografia das informações do cliente (SSL).

A contratação do antifraude pode evitar o chargeback, quando o verdadeiro dono do cartão informar à operadora que não reconhece determinada compra, feita por um terceiro, e a loja fica com prejuízo.

Além disso haverá a necessidade de contratar um desenvolvedor para integrar cada sistema de pagamento e homologar cada meio de pagamento na operadora ou banco.

Vale lembrar que haverá uma taxa por pagamento nas vendas por boleto e débito online, da mesma forma que nas vendas por cartão de crédito haverá um desconto referente à taxa de administração da operadora.

 

Leia também:

5 dicas de segurança para quem vende online

Segurança do e-commerce: medidas essenciais

7 benefícios da Blindagem de Sites


,