invasao de sites

Segurança de site e e-commerce

Invasão de sites: quais são os impactos de ser hackeado?

7 maio , 2019  

Você sabia que a invasão de sites ainda é muito comum? Desde blogs, sites de notícias e até governamentais, ou seja, sem proteção qualquer pessoa ou organização pode sofrer com roubo de dados.

No Brasil, já existem cerca de 23 milhões de sites, destes mais de 900 mil são e-commerces. O mais impressionante é que estes números crescem ano a ano, chamando a atenção de cibercriminosos. Por isso, o recomendado é que você saiba quais são os principais efeitos negativos ao ser hackeado.

Insegurança de usuários

Primeiramente, como em qualquer venda, você precisa ganhar a confiança do consumidor e, na internet, por não contar com o “cara a cara”, naturalmente o processo é mais difícil.

Sendo assim, imagine que a dificuldade pode ser ainda maior e torna-se uma missão quase impossível uma vez que seu site é hackeado.

Construir um relacionamento com o cliente leva tempo, mas a invasão de sites pode destruir tudo, e em instantes.

Posição ruim nos mecanismos de busca

O Google define a posição de um site a partir das experiências dos usuários, ou seja, se os consumidores não confiam no seu e-commerce, por que o buscador confiaria?

A função dos mecanismos de busca é oferecer os melhores resultados com base nas demandas dos usuários. Quando um endereço eletrônico é invadido, o Google entende que isso pode significar perigo e posiciona mal o site.

Por fim, nos piores casos os hackers podem apagar suas páginas, fazendo com que seu e-commerce desapareça da internet.

Perda de reputação

Infelizmente a invasão de sites cria um efeito dominó. Isso porque, com a insegurança de usuários e dos mecanismos de busca, acontece a perda de reputação.

Não são poucos os casos em que empresas sofreram com ataques online e perderam negócios, clientes e parceiros. Assim como a confiança, a reputação pode ser perdida em pouco tempo, literalmente em um clique.

E nestes casos, não podemos julgar as pessoas por evitarem acessar sites que são invadidos. Afinal, você compraria em um e-commerce, mesmo sabendo que ele sofreu ataques, não tomou nenhuma providência de segurança e, futuramente, pode sofrer com outros?

Como diminuir as chances de invasão de sites?

Para fugir da invasão de sites, o ideal é conseguir prevenção. Identificar a crise antes de acontecer é a melhor forma de garantir a saúde e segurança do seu negócio.

No mercado, há diversas ferramentas disponíveis, entre as principais:

Entretanto, é necessário que você entenda quais são as melhores soluções para o seu caso. Restou alguma dúvida sobre as consequências e perigos da invasão de sites? Fale nos comentários.

Leia também:

Por que o investimento em segurança ajuda na fidelização de clientes?

Como montar uma loja virtual segura?

Falhas de segurança: como identificar e evitar o problema?

, , , , ,

By