Segurança de site e e-commerce

Segurança do site: como evitar que seja invadido

24 jan , 2019  

Pensar na segurança do site nos dias atuais se tornou essencial, não é mesmo? Se você tem uma loja virtual, então, a preocupação deve ser ainda maior. Isso porque além de manter o seu site seguro, é seu dever garantir também que os dados confidenciais dos clientes estejam protegidos.

Por esse motivo, listamos 3 dicas de segurança simples e eficazes que podem ajudar na prevenção de atividades suspeitas. Confira a seguir e implemente-as rapidamente na sua rotina!

1. Mantenha todos os seus softwares atualizados

Para diminuir as chances de invasão e vulnerabilidades de segurança, o primeiro passo é simples, porém indispensável.

Mantenha sempre todos os seus softwares atualizados e verifique com regularidade se houveram atualizações em seus plug-ins.

Além disso, é importante também bloquear os pop-ups, já que alguns são utilizados para distribuir malware (qualquer parte do software que tenha sido escrita para causar danos a dados ou dispositivos) ou para golpes de phishing (prática onde os cibercriminosos roubam informações e dados pessoais importantes através de mensagens falsas).

2. Tenha cuidado ao acessar redes Wi-Fi públicas

Hoje em dia, a maioria dos estabelecimentos, como restaurantes e bares, oferecem Wi-Fi gratuito aos consumidores. Porém, é necessária muita cautela para acessar a internet e mexer em dados confidenciais (como contas bancárias, por exemplo) nesses locais públicos, já que eles podem ser interceptados por terceiros. Sendo assim, priorize se conectar com a internet do próprio celular, para assim garantir a segurança do site e, consequentemente, dos seus clientes.

3. Utilize somente senhas seguras para maior segurança do site

Outra dica fundamental é que você se certifique de que a senha escolhida para o acesso da área administrativa do site seja segura, ou seja, combine números, letras e caracteres especiais. Dessa forma, é possível evitar que usuários mal-intencionados consigam descobri-las e ter acesso a todo o conteúdo que elas guardam.

Portanto, evite ao máximo usar senhas óbvias como datas de nascimento, números de telefone ou sequências numéricas, como “123456”, apontada como uma das senhas mais utilizadas no mundo.

Agora que você já sabe como manter a segurança do site em dia, confira o nosso artigo que fala sobre como mostrar ao consumidor que o seu e-commerce é de confiança.

Leia também:

Conheça a lei de proteção de dados brasileira

Fraudes online: como evitar o problema e aumentar as vendas

Por que realizar o teste de invasão manual?

, , , ,

By