teste de invasão

Segurança de site e e-commerce

Por que realizar o teste de invasão manual?

20 dez , 2018  

As invasões e fraudes em e-commerces são cada vez mais comuns nos dias atuais e causam diversos prejuízos para os consumidores e as empresas, incluindo perdas financeiras e a reputação da marca. Por esse motivo, é necessário que os lojistas invistam em serviços que ajudam a prevenir esses ataques, como o teste de invasão manual, também conhecido como Pentest.

Qual é a finalidade do teste de invasão manual?

Certas vulnerabilidades em aplicações na internet não são facilmente identificadas por sistemas automatizados e, por isso, precisam de medidas específicas para serem encontradas.

É nesse contexto que entra o Pentest, que realiza o teste de invasão manual e emite um relatório completo de vulnerabilidades no sistema, como brechas de segurança que poderiam ser exploradas por uma pessoa mal-intencionada ou a exposição do seu banco de dados com informações dos clientes, por exemplo.

Assim, ao utilizar esse serviço, é possível que você consiga tomar conhecimento de algumas recomendações para que as falhas encontradas sejam rapidamente corrigidas.

Como funciona o teste de invasão manual?

O profissional de segurança que realiza o Pentest, conhecido como Pentester, é o responsável por fazer a simulação do processo que um hacker faria para executar uma invasão na loja virtual. Esta análise se divide entre dois modelos. São eles:

  • BlackBox: aqui a simulação é feita às escuras, sem informações de usuários e senhas do sistema. O objetivo é entender como seria uma invasão feita por um atacante que não tem nenhuma informação sobre a empresa, ou seja, uma pessoa externa. Esse teste funciona somente para clientes que não tenham ambientes logados.
  • GreyBox: já nesse modelo, a simulação é feita com o conhecimento de alguns dados da empresa, como informações de usuários e senhas, o que faz com que os testes sejam mais profundos. O objetivo é entender como seria uma invasão feita por um atacante que conta com algumas informações da empresa, ou seja, um funcionário ou alguém com acessos ao sistema. Além disso, por conter informações sobre a aplicação, esse modelo é perfeito para empresas que tenham ambientes logados, ou seja, com acesso a informações restritas e que podem cair nas mãos de pessoas mal-intencionadas.

Após a análise, o Pentester cria um relatório com todas as vulnerabilidades que encontrou no sistema. Depois, esse relatório orienta quais correções precisam ser feitas para evitar invasões. As vulnerabilidades identificadas podem facilitar alterações no boleto ou no preço e informações dos seus produtos, por exemplo. Dessa forma, a correção é indispensável!

Agora que você já entende a importância de investir em um teste de invasão manual, entre em contato com a Site Blindado!

Leia também:

Pentest Mobile: como proteger o app da sua loja virtual?

O que é Pentest e por que é importante utilizá-lo?

Como o Pentest pode evitar fraudes no e-commerce?

, ,